Postagens

Mostrando postagens de Agosto 26, 2012

20 trocas que valem a pena ser feitas para preservar a nossa saúde!

Imagem
Algumas SUGESTÕES de substituições de alimentos por outros para que tenhamos uma saúde melhor! Algumas “trocas’, creio eu, são quase improváveis e impossíveis, mas é melhor prevenir do que “remediar” depois...! Veja-as e, depois, você é quem decide: 1)    Pão francês por integral Eis uma forma de começar o dia protegendo as artérias. A massa integral presenteia o organismo com boas doses de fibras. Esse ingrediente serve de alimento a bactérias aliadas que moram no intestino. Bem nutridas, algumas delas fabricam mais propionato, uma substância que tem tudo a ver com os níveis de gordura na circulação. “Ao chegar ao fígado, ela diminui a produção de colesterol”, explica a gastroenterologista Jacqueline Alvarez-Leite, da Universidade Federal de Minas Gerais. Com isso, cai também a quantidade dessa partícula no sangue.  2)   Leite integral por desnatado   Esse esquema garante a entrada do cálcio, tão caro aos ossos, sem um bando de penetras gordurosos. A beb

Cidade do Funchal, Portugal!

Imagem
Num projeto de revitalização, na zona velha da cidade do Funchal, mais de 200 portas das antigas residências , na Rua de Santa Maria, foram transformadas em telas! Veja que belas imagens que resultou disso:

O Rio Citarum!

Imagem
  O Rio Citarum (Walungan Citarum em sundanês) é um rio asiático que nasce nas encostas do Monte Wayang, na Ilha de Java, que segue o seu curso por mais de 300 km, até o Mar de Java, aonde se localiza a sua foz, e passa perto da capital da Indonésia, Jacarta. Antigamente servia para o sustento de muitas pessoas que moravam nas margens dele, em palafitas, como a venda de peixes e para o seu próprio sustento, que aonde pássaros buscavam comida e havia muitos visitantes. O Rio Citarum, no passado, contribuíam para a formação de vilarejos e coletavam água para a colheita de arroz por meio de canais de irrigação. Mas, hoje, êle é considerado um dos rios mais poluídos do mundo! A situação chocante fez com que o Banco Asiático de Desenvolvimento liberou em dezembro de 2008 um fundo de 500 milhões de dólares para limpá-lo! Ainda continua poluído - muito mais poluído do que o Tietê, em São Paulo - aonde a população despeja o esgoto, e também mais poluído do que o G